Empresas de Ramon Ribeiro negam envolvimento com queijos apreendidos e reiteram compromisso com a qualidade e confiança dos clientes.
empresas
"Empresas de Ramon Ribeiro negam envolvimento com queijos apreendidos, reforçando seu compromisso com a qualidade e confiança dos clientes"
As empresas Ramon Ribeiro Queijo Minas Patinho Ltda e Ramon Ribeiro Laticínios e Comércio de Queijos Ltda ME, no ato representadas por seu sócio administrador Ramon Ribeiro, entraram em contato com o Patos Hoje para esclarecer e complementar a matéria intitulada “Quase 20 toneladas de queijos são apreendidas em distribuidora clandestina em Patos de Minas” , publicada em 24 de abril de 2024, no portal Patos Hoje.

De acordo com as empresas, uma breve leitura da referida matéria pode levar a crer que as empresas de Ramon Ribeiro fazem parte da apreensão de todo material impróprio para consumo, notadamente pela exposição do selo de identificação apreendido pela Polícia Militar e órgãos de fiscalização.

No entanto, as empresas esclarecem que este objeto apreendido é um antigo selo em desuso desde 2022, não estando relacionado com qualquer atividade atual do empresário Ramon Ribeiro. Ainda explicam que os produtos encontrados, apreendidos e embalados encontravam-se com o selo de outra sociedade empresária Queijo Nata Araxá, ou seja, não fora encontrado nenhum produto embalado com o selo Queijo Patinho.

Segundo os representantes das empresas, com o avanço das investigações oriundas do ocorrido, as informações iniciais já dão conta que os selos encontrados não foram utilizados nos produtos apreendidos.

Dessa forma, as empresas Ramon Ribeiro Queijo Minas Patinho Ltda e/ou Ramon Ribeiro Laticínios e Comércio de Queijos Ltda-Me concluem dizendo que não possuem qualquer envolvimento com a operação policial mencionada, pois prezam pela qualidade dos seus produtos e pela confiança de seus parceiros e clientes.

Veja também

Nunca se deve deixar os queijos abertos dentro do refrigerador porque as propriedades frias, porém secantes, destes aparelhos não são boas para o produto.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER