Convênio entre as instituições vai promover aplicação e transferência de tecnologias capazes de salvar vidas de bebês prematuros
"Epamig Ilct recebe comitiva da Fiocruz para fortalecer pesquisas em leite humano"

O Instituto de Laticínios Cândido Tostes (Ilct), vinculado à Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), recebeu uma comitiva da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com o objetivo de consolidar um convênio entre as instituições e, assim, fortalecer as pesquisas sobre leite humano realizadas no Instituto. Durante o encontro, que ocorreu ao longo desta quinta-feira (7), os participantes discutiram detalhes para a oficialização de um convênio entre a Epamig Ilct, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (rBLH-BR/Fiocruz) e o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), que auxiliará na transferência de tecnologias a serem aplicadas em bancos de leite humano de todo o país.

“Discutimos formas de viabilizar esse convênio o mais rápido possível, pois ele vai facilitar a captação de recursos para as pesquisas em leite humano e também o trânsito de pesquisadores entre as instituições, para o acompanhamento dos trabalhos”, detalha a professora e pesquisadora da Epamig Ilct, Denise Sobral. O leite humano representa a única garantia de sobrevivência para muitos bebês prematuros ou recém-nascidos em tratamento, pois seus sistemas digestivos ainda não estão formados, o que impede a alimentação via leite de vaca ou fórmulas infantis. “Há uma quantidade imensa de recém-nascidos prematuros, de baixo peso, cuja evolução clínica depende da nossa capacidade de responder às suas necessidades nutricionais com soluções inovadoras que acelerem o processo de recuperação e possam contribuir para a redução da mortalidade infantil”, explica João Aprígio de Almeida, coordenador da rBLH-BR/Fiocruz. A rede, segundo ele, atende mais de 250.000 bebês prematuros por ano no Brasil, por meio do armazenamento e doações de leite humano. “O que mais precisamos neste momento é a aplicação imediata de conhecimentos e tecnologias já desenvolvidos, tirando-os das páginas de artigos e colocando-os na vida prática. Nesse sentido, o Ilct, com toda sua trajetória e capacidade técnico-científica, é seguramente capaz de desenvolver soluções que poderão salvar muitas vidas”, finaliza João Aprígio.

Trabalhos da Epamig Ilct auxiliam bancos de leite – Atualmente, existem três projetos de pesquisa sobre leite humano em andamento na Epamig Ilct: “Desenvolvimento de metodologia para enriquecimento de leite humano hipocalórico”, “Desenvolvimento de kit analítico para determinação rápida e simultânea de acidez titulável e proteína em leite humano” e “Adaptação do processo de homogeneização para leite humano”, coordenados, respectivamente, pelas professoras-pesquisadoras Kelly Correa, Gisela Machado e Denise Sobral. Algumas das tecnologias desenvolvidas pela Epamig Ilct já apresentaram resultados positivos em análises laboratoriais e começarão a ser aplicadas nos bancos de leite humano ao longo de 2024.

“Desenvolvemos uma técnica para detectar o valor de proteína nos bancos de leite que fornece resultados na hora, o que vai agilizar muito os processos de análise nos bancos de leite humano, que poderão ter mais essa informação que é muito importante para os bebês”, detalha Denise. “Nosso outro trabalho, sobre homogeneização, também já gerou resultados positivos importantes. Segundo nossas análises em laboratório, verificamos que a homogeneização é eficiente, mesmo no leite congelado e estocado durante seis meses, que é a validade padrão do leite humano”, conclui a professora.

Fonte: ASCOM/Epamig

Veja também

Embora o vírus até agora não tenha mostrado nenhuma evidência genética de adquirir a capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa, as autoridades de saúde pública estão monitorando de perto a situação da vaca leiteira como parte dos esforços gerais de preparação para a pandemia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER