Em parceria com IFRJ e UFF, evento conta com especialistas renomados do Brasil e do exterior na programação
Ital
Ao longo de 2024, estão previstos ainda 38 capacitações presenciais, híbridas e on-line no calendário de eventos do Ital. Além do Congresso Internacional de Queijos: Segurança e Inovação, o Tecnolat realizará em 25 de setembro curso on-line de fabricação de iogurtes e bebida lácteas fermentadas com conteúdo teórico e prático

Até 2030 cada pessoa no mundo deve consumir anualmente 6,5 kg de queijo, importante fonte de nutrientes e renda para milhões de famílias.

É a partir desse cenário estimado em 2021 pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), que esse popular produto lácteo inspirou inédito congresso internacional a ser realizado em 26 e 27 de março em Campinas-SP, no Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital-Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Com palestrantes de relevância instituições de ensino e pesquisa brasileiras, argentina, uruguaia e holandesa abordando temas ligados a saúde, segurança e inovação na produção queijeira, o evento terá apresentação de trabalhos científicos, que devem ser submetidos até 1º de março por profissionais das indústrias de alimentos e laticínios, técnicos, professores e estudantes ligados ao tema e demais interessados.

Sob coordenação do Centro de Tecnologia de Laticínios e Bactérias Lácticas (Tecnolat) do Ital, em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), o congresso terá na programação grandes profissionais de empresas e instituições de todo o país como Múcio Furtado, conhecido autor de vários livros sobre o tema e jurado por quatro vezes do World Championship Cheese Contest, que falará sobre defeitos recorrentes em queijos.

Do exterior, serão palestrantes os professores Gabriel Vinderola, da Universidad Nacional del Litoral e do Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (Argentina), Anna Flávia da Silva, da Van Hall Larenstein University of Applied Sciences (Holanda), e Adriana Gambaro, da Universidad de la República (Uruguai).

Ao longo de 2024, estão previstos ainda 38 capacitações presenciais, híbridas e on-line no calendário de eventos do Ital. Além do Congresso Internacional de Queijos: Segurança e Inovação, o Tecnolat realizará em 25 de setembro curso on-line de fabricação de iogurtes e bebida lácteas fermentadas com conteúdo teórico e prático.

Sobre o Ital

Localizado em Campinas/SP, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) realiza pesquisa, desenvolvimento, assistência tecnológica e difusão do conhecimento nas áreas de embalagem e de processamento, conservação e segurança de alimentos e bebidas.

Fundado em 1963, vinculado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, o Ital possui unidades técnicas especializadas em carnes, produtos de panificação, cereais, chocolates, balas, confeitos, laticínios, frutas, hortaliças e embalagens, sendo certificado na ISO 9001 com parte dos ensaios acreditados na ISO/IEC 17025. Por meio do Centro de Inovação em Proteína Vegetal, do Núcleo de Inovação Tecnológica e da Plataforma de Inovação Tecnológica, o Ital estimula alianças estratégicas para inovação e projetos de cooperação. Possui ainda Programa de Pós-Graduação aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O

Veja também

Embora o vírus até agora não tenha mostrado nenhuma evidência genética de adquirir a capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa, as autoridades de saúde pública estão monitorando de perto a situação da vaca leiteira como parte dos esforços gerais de preparação para a pandemia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER