O leite A2 é uma alternativa para pessoas com sensibilidade à proteína do leite convencional; especialista explica
Leite A2
Leite A2 ajuda a evitar desconfortos intestinais
O leite A2 é um produto que tem ganhado destaque no mercado de laticínios, devido a sua composição única e potenciais benefícios à saúde, especialmente para pessoas que têm sensibilidade ao leite convencional.

Para entender mais sobre o alimento, o Alto Astral consultou o nutrólogo Rodrigo Neves, que nos explicou para que serve o leite A2 e as vantagens de incluí-lo na alimentação. Confira!

O que é o leite A2?

O leite A2 é um tipo específico que contém exclusivamente a proteína beta-caseína A2. Este tipo é distinguido do leite convencional, que geralmente contém uma mistura de proteínas beta-caseína A1 e A2.

De acordo com o profissional, a diferenciação entre essas proteínas surge de uma mutação genética nas vacas que altera a estrutura da beta-caseína produzida em seu leite.

Benefícios

O leite A2 é comercializado principalmente com base na premissa de que ele pode ser mais fácil de digerir para algumas pessoas em comparação com o convencional.

“Acredita-se que a proteína A1 possa estar associada a certos desconfortos digestivos, como inchaço, náuseas e inflamação em indivíduos sensíveis. Embora pesquisas ainda estejam em andamento, alguns estudos sugerem que pessoas que experimentam desconforto digestivo ao consumir leite convencional podem não ter os mesmos sintomas com o leite A2”, explica Rodrigo.

Por isso, o leite A2 pode ser indicado para indivíduos que sofrem desconforto digestivo ao consumir leite de vaca, mas desejam continuar incluindo leite em sua dieta, ou estão interessadas em explorar alternativas ao leite convencional por razões de saúde ou preferências pessoais.

Existe contraindicação?

Embora seja considerado seguro para o consumo da maioria das pessoas, existem algumas contraindicações que devem ser consideradas para a ingestão segura:

  • Indivíduos com alergia à proteína do leite de vaca não devem consumir leite A2, pois ele contém as mesmas proteínas alergênicas presentes no leite convencional, exceto A1;
  • Pessoas com intolerância à lactose também podem experimentar os mesmos sintomas ao consumir leite A2, pois ele contém lactose, similar ao leite convencional.

“Em suma, o leite A2 pode oferecer uma alternativa para aqueles que têm dificuldades com o leite convencional, mas é importante que cada indivíduo considere suas próprias condições de saúde e, se necessário, consulte um profissional de saúde antes de fazer mudanças na dieta”, finaliza o médico.

Veja também

Embora o vírus até agora não tenha mostrado nenhuma evidência genética de adquirir a capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa, as autoridades de saúde pública estão monitorando de perto a situação da vaca leiteira como parte dos esforços gerais de preparação para a pandemia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER