Processamentos térmicos e datas de validade também estão associadas ao melhor tipo da bebida
"Leite de caixinha, garrafa ou em pó? Nutricionista explica se há um mais saudável"

Ao entrar em um supermercado há vários tipos de embalagens de leite. Há o que está dentro da caixa e pode ser armazenado em temperatura ambiente, os de garrafas que só podem ser guardados em ambientes frios e o em pó. Mas qual deles é melhor e mais saudável?

Primeira refeição do dia: em que horário você deve tomar café da manhã para queimar gordura abdominal? (é mais cedo do que se imagina)

Quais são os 4 exercícios que queimam gordura mais rápido? Novo estudo de Harvard responde

Inicialmente, é importante compreender a diferença entre cada um deles. O leite de caixinha, por exemplo, também chamado de UHT, passa por um processo térmico onde o leite é fervido em altas temperaturas e depois rapidamente resfriado. Esse choque térmico elimina totalmente as bactérias, tanto as nocivas para à saúde, quanto as deteriorantes que ajudam a estragar o leite, mas também se vão as bactérias consideradas boas, chamadas de lactobacilos.

Por este motivo, eles podem ser conservados em temperatura ambiente e tem um período maior de validade — de até 4 meses — em comparação com os leites de garrafas ou saquinhos que são armazenados em geladeiras e ambientes mais frios.

Os leites de garrafa e saquinho, também passam por um processamento térmico, chamado de pasteurização que eliminam as bactérias nocivas à saúde e as deteriorantes, porém nem todas são eliminadas, o que os impossibilita de prolongar a sua vida útil.

Apneia do sono: 1º remédio para tratar o distúrbio conseguiu reduzir os sintomas em até 70%, mostra novo estudo

Esse tipo de leite tem inclusive uma classificação entre A, B e C. Onde o primeiro tem uma quantidade de bactérias muito menor, do que o leite B, que tem uma quantidade ainda menor do que o leite C.

— A vantagem está toda no leite em pó, pois ele é mais seguro microbiologicamente falando. Em seu processamento ocorre a pasteurização, mas também é retirada toda a água, o que faz o tempo de validade dele ser maior também. Além de que, diferente do UHT, mesmo depois de aberto, ele dura até 15 dias de validade, e não tem desperdício, uma vez que você usa apenas a quantidade necessária de leite — afirma a nutricionista e colunista do GLOBO, Priscilla Primi.

A especialista, porém, diz que muitas pessoas se queixam do sabor ao dizer que o leite em pó não tem o mesmo gosto do que o leite fluído, mas isso é devido a quantidade de pó usado na diluição. Há uma quantidade exata para ele não ficar fraco ou muito forte — 25g (1,5 colher de sopa) para 200 ml de água ou 8 colheres (sopa) para 1 litro de água. Consumidores também se queixam do sabor do leite de caixinha e diz que ele é diferente. Segundo Primi, isso ocorre por conta dos processamentos químicos durante o tratamento do leite que alterar o sabor em relação ao leite pasteurizado.

Café puro ou com leite? Veja os diferentes efeitos no corpo das duas versões

— Em relação a saúde ou valor nutricional, os três são iguais e são muito bons para a saúde. O que vai depender será a rotina de cada pessoa. O de garrafinha é necessário ir até o mercado pelo menos umas duas vezes durante a semana, enquanto o UHT ou de pó, pode comprar a quantidade ali de leite para consumir durante o mês. Porém, depois de aberto, o UHT também dura de 3 a 4 dias, o que pode levar ao desperdício. Por isso nesse caso, é melhor comprar o em pó, que não há desperdício e a segurança é maior — explica a nutricionista.

 

Veja também

Conforme Petry, a fábrica de produtos lácteos será ampliada em mil metros quadrados. Além disso, receberá significativa inovação tecnológica na automatização da produção. Estão sendo adquiradas novos equipamentos com alta tecnologia que, entre outras coisas, farão o carregamento automatizado dos lácteos.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER