Segundo novo presidente da Piracanjuba, Luiz Cláudio Lorenzo, em 2024, a meta é crescer 10% em receita, acima dos 8% do ano passado.
Piracanjuba
Em 2024, a meta é crescer 10% em receita, acima dos 8% de 2023.

Em reportagem, o novo presidente da Piracanjuba, Luiz Cláudio Lorenzo, afirmou que a empresa passa por um plano de reestruturação para dobrar de tamanho e se consolidar entre os três maiores players de lácteos do Brasil.

A marca nasceu em 1955, no interior de Goiás, e é a principal marca dos Laticínios Bela Vista.

“Hoje, nenhuma empresa tem muito mais que 10% do leite processado no País. As margens são baixas, o que exige muita eficiência”, diz.

Para perseguir essa meta, a Piracanjuba estuda fusões e aquisições

A fabricante detém 7% do mercado, com capacidade de processar 6 milhões de litros de leite por dia. Em 2023, o Laticínios Bela Vista obteve receita líquida de R$ 8,5 bilhões.

Em 2024, a meta é crescer 10% em receita, acima dos 8% de 2023.

Lorenzo avalia o desempenho como “bom” diante dos preços mais baixos do leite. Para isso, a empresa constrói uma fábrica de queijos em São Jorge d’Oeste (PR), com aporte de R$ 80 milhões, e deve operar em 2025.

Veja também

A Danone afirma que está vendo um aumento na demanda por seus iogurtes de alta proteína e baixa caloria nos EUA, que atribui à febre pelos novos tratamentos estreitamente relacionados ao medicamento para diabetes Ozempic.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER