Cicero Venâncio disse que chega a retirar 60 litros por mês.
"Cicero Venâncio disse que chega a retirar 60 litros por mês"

A produção de leite e do café tem atraído produtores e gerado rendas nos assentamentos de Juara e região, e embora existe uma grande baixa no preço do leite, a bacia leiteira de Juara e região é uma das mais fortes.

Produtor rural desde 1980 em Juara, Cicero Venâncio da Silva tem uma propriedade no Assentamento Banco da Terra, onde cultiva gado de leite e vaca branca desde o ano de 2005.

Segundo ele, sua maior produção econômica tem sido o leite que é vendido para um laticínio no valor de R$ 1.50 o litro.

Cicero Venâncio disse que chega a retirar 60 litros por mês.

Além disso, possui muitas plantações, faz queijo, requeijão e outros produtos para consumo da família.

Quanto ao gado branco, ele disse que não tem comprador devido ao baixo preço, mas o que ele cria, assim que aparece comprador, ele vende.

Pode ser uma imagem de animal

Natural da cidade de São Jorge do Avai, ele agora está investindo na plantação de café, onde ele já plantou 700 pés de café, no qual ele está apostando em uma boa renda futura.

A expectativa, segundo o Cicero Venâncio é de que há dois anos começará a colher os frutos de sua produção.

Veja também

“Diga-me o que você come e eu lhe direi quem você é”, do gastrônomo e jurista francês Brillat-Savarin, e “Nós somos o que comemos”, do

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Australia

Don’t cry for me Australia: como os laticínios da Austrália estão seguindo os passos da Argentina

O Brasil, em 2022, atingiu 885.000 toneladas métricas entre vários tipos de queijos tropicais e europeus.

Dados saborosos sobre o consumo e a produção de queijo em todo o mundo, que vão dar água na boca

Publicidade

Publicidade em tempos de crise: a estratégia que pode fazer a diferença entre o sucesso e a sobrevivência do seu negócio de laticínios

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER