Gigantesca área na região central de Cachoeiro onde funcionou, de 1977 a 2022, a principal usina de beneficiamento e sede administrativa da maior cooperativa de laticínios capixaba vai ser posta à venda
selita
"Cooperativa de Laticínios Selita, a maior e mais antiga do ramo no Espírito Santo"
Em plena região central de Cachoeiro de Itapemirim, um gigantesco terreno, de aproximadamente 135 mil m², cortado pela Avenida Aristides Campos, uma das mais movimentadas da cidade.

A área onde funcionou, de 1977 a 2022, a principal usina de beneficiamento e a sede administrativa da Cooperativa de Laticínios Selita, a maior e mais antiga do ramo no Espírito Santo, há tempos desperta o interesse de empresas tanto locais quanto de fora.

Os associados da cooperativa já autorizaram a diretoria a pôr à venda a antiga estrutura, segundo a assessoria de comunicação da Selita.

“Até agora estava em Banho-maria. A partir deste mês de abril, vamos acelerar o processo de venda”, divulga o setor de comunicação.

O valor ainda não foi definido, contudo. A informação é de que uma empresa de consultoria está sendo contratada para fazer a avaliação e cuidar dos detalhes das negociações.

A expectativa é de que o processo seja concluído nos próximos meses.

Veja também

Nunca se deve deixar os queijos abertos dentro do refrigerador porque as propriedades frias, porém secantes, destes aparelhos não são boas para o produto.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER