Confira o depoimento feito por Gustavo Carneiro do Amaral, da Fazenda Cachoeira, em Ipameri (GO), colhido pelo zootecnista Tiago Felipini, especialista em nutrição animal e um dos embaixadores de conteúdo do Giro do Boi
FAZENDA
Compost barn revoluciona produção e bem-estar animal em fazenda de Goiás
Na Fazenda Cachoeira, localizada em Ipameri, Goiás, a adoção da técnica de compost barn tem transformado não apenas a produtividade leiteira, mas também as condições de vida dos animais. Assista ao vídeo abaixo e confira este incrível relato.

 

Em um depoimento capturado pelo zootecnista Tiago Felipini, especialista em nutrição animal e embaixador de conteúdo do Giro do Boi, Gustavo Carneiro do Amaral compartilha as experiências positivas decorrentes dessa prática inovadora.

Compost barn: elevada produção leiteira e foco no bem-estar animal

Vaca leiteira está com tetos feridos e rachados. Saiba como tratar o caso
Detalhe da ordenha de vacas em sistema mecanizado. Foto: Divulgação

Sob a gestão de Gustavo, a Fazenda Cachoeira destaca-se por uma produção intensiva de leite, alcançando impressionantes 8.100 litros por dia.

Esse volume é resultado de duas ordenhas diárias, às 4 horas e às 15 horas, envolvendo seis lotes de vacas, desde o pré-parto até os de maior produtividade.

Além disso, a fazenda tem investido em transferências de embrião para acelerar o melhoramento genético e atingir a meta ambiciosa de 21 litros de leite por vaca por dia.

Maximização da produção em terras valorizadas

Dada a alta valorização do solo na região, Gustavo adotou a estratégia de maximizar a produção leiteira por vaca, visando um melhor aproveitamento do espaço disponível.

A opção pelo sistema compost barn, mesmo com custos operacionais mais elevados devido ao confinamento das vacas, tem se mostrado uma decisão acertada ao promover um ambiente confortável e propício para o aumento da produtividade.

Gestão nutricional e cuidados com o rebanho

Sêmen bovino para protocolos de IATF. Foto: Divulgação
Sêmen bovino para protocolos de IATF. Foto: Divulgação

A fazenda utiliza a silagem de capim como base alimentar não apenas para as vacas em lactação, mas também para o manejo nutricional de novilhas, vacas prenhas e vacas no final da lactação.

Esse cuidado especial visa desacelerar a produção leiteira das vacas que estão próximas do período de secagem, garantindo sua saúde e bem-estar.

O modelo de sucesso da Fazenda Cachoeira

Galões de leite recém-ordenhado. Foto: Divulgação
Galões de leite recém-ordenhado. Foto: Divulgação

A instalação do compost barn na Fazenda Cachoeira é um exemplo claro de como a inovação tecnológica aliada à gestão focada no bem-estar animal pode resultar em uma operação leiteira de alto rendimento.

Mesmo diante dos desafios climáticos, com temperaturas alcançando 33°C, as práticas adotadas por Gustavo garantem que os animais desfrutem de um ambiente confortável, evidenciando o compromisso da fazenda com a produção sustentável de leite de alta qualidade em Goiás.

Veja também

Conforme Petry, a fábrica de produtos lácteos será ampliada em mil metros quadrados. Além disso, receberá significativa inovação tecnológica na automatização da produção. Estão sendo adquiradas novos equipamentos com alta tecnologia que, entre outras coisas, farão o carregamento automatizado dos lácteos.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER