Movimento ocorre em momento em que os preços internacionais e os pagos ao produtor no mercado interno estão em crescimento
"O primeiro trimestre do ano, fechou acumulando uma deflação de custos de produção de -3,4%. Numa comparação entre fevereiro/2024 e fevereiro/2023, houve uma retração de -5,5% nos custos"
O custo de produção do leite, medido pelo ICPLeite/Embrapa, registrou uma queda de -1,9% no mês de março, dando sequência à queda registrada em fevereiro. Isso ocorreu num momento em que os preços internacionais e os preços de leite pago ao produtor no mercado interno estão em crescimento, confirmando um segundo mês de melhoria nas margens da atividade.

O primeiro trimestre do ano, fechou acumulando uma deflação de custos de produção de -3,4%. Numa comparação entre fevereiro/2024 e fevereiro/2023, houve uma retração de -5,5% nos custos.

Custo da alimentação do rebanho continua em queda

O custo da alimentação continua a registrar redução, contribuindo para a deflação em março, dada a sua importância na formação de custos da atividade. Em fevereiro, o grupo Concentrado teve retração de -4,1%, com queda generalizada de preço de ração, farelos de soja, milho e trigo. Adubos e defensivos também registram queda de preço e levaram à redução do custo de produção do grupo Volumosos, que foi de -0,8%.

Também o grupo Minerais registrou queda, ainda que restrita, de -0,1%. Outro grupo que apresentou queda no custo de produção foi Qualidade do leite, de -2,4%.

Apenas dois grupos que compõem o ICPLeite/Embrapa apresentaram elevação de custos em março. Sanidade e reprodução, registrou elevação de 0,6% e grupo Energia e combustível apresentou alta de custos de 0,1%. O grupo Mão de obra não registrou variação no mês de março. Os dados constam do Gráfico 1.

custos de produção embrapa gado de leite março 2024 1

O custo de produção de leite, medido pelo ICPLeite/Embrapa, neste primeiro trimestre do ano, registrou queda de -3,4%, em função dos grupos que compõem a alimentação do rebanho, em que todos os grupos apresentaram queda significativa de preços. O grupo Concentrado retraiu – 9,1%, seguido pelos grupos Volumosos (-4,4%) e Minerais (-0,1%). Também o grupo Qualidade de leite registrou queda de custos no trimestre, de -2,3%.

Em sentido contrário, foram registrados acréscimos em três grupos e custos que compõem o ICPLeite/Embrapa. O grupo Mão de obra teve elevação de custos de 5,7%, Sanidade e reprodução de 2,7% e Energia e combustível de 0,5%. Os dados constam do Gráfico 2.

custos de produção embrapa gado de leite março 2024 2

Na comparação em doze meses, a variação dos custos de produção foi de -5,5%, com os três grupos de alimentação registrando variações negativas de dois dígitos. O grupo Minerais registrou queda expressiva de -15,3%, seguido por Concentrado, de -13,2% e Volumosos, de 10,7%.

Por outro lado, quatro grupos apresentaram crescimento significativo de custos. O de maior intensidade foi o de Energia e combustível (17,8%), enquanto que o de maior impacto, pelo seu peso relativo, foi o de Mão de obra (6,1%). Os grupos Sanidade e reprodução e Qualidade do leite, respectivamente acumularam aumento de 4,9% e 0,4% no período de doze meses, conforme Gráfico 3.

custos de produção embrapa gado de leite março 2024 3

O Gráfico 4 mostra a variação mensal do ICPLeite/Embrapa. Ao longo de 2023 ocorreram dois períodos distintos de variação de custos. Entre março e junho foram registradas quedas contínuas, com elevação contínua até janeiro do corrente ano. A partir daí, os custos tiveram dois meses de quedas seguidas, retraindo aos custos verificados em outubro de 2023.

custos de produção embrapa gado de leite março 2024 4

Veja também

Nunca se deve deixar os queijos abertos dentro do refrigerador porque as propriedades frias, porém secantes, destes aparelhos não são boas para o produto.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER