O governador em exercício, Gabriel Souza, vai assinar, no início da tarde de hoje, decreto de estímulo e fortalecimento do setor leiteiro gaúcho.
estado
"Com o ato normativo, o governo gaúcho pretende incentivar o uso de leite e queijo de produção no mercado interno, o que fortalece a indústria local, os produtores rurais e as cooperativas do Estado"
A medida estabelece a vedação, a partir do próximo ano, da utilização de benefícios fiscais por empresas do Rio Grande do Sul que adicionem leite em pó ou queijo importados no processo industrial. A novidade também se aplica a produtos de fora do país adquiridos dentro do mercado brasileiro.

Com o ato normativo, o governo gaúcho pretende incentivar o uso de leite e queijo de produção no mercado interno, o que fortalece a indústria local, os produtores rurais e as cooperativas do Estado. Uma das principais reclamações dos produtores de leite do Rio Grande do Sul se refere, justamente, à importação de leite em pó, especialmente da Argentina e Uruguai, o que derruba o preço recebido pelo agricultor gaúcho.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e governo do Estado

Veja também

Conforme Petry, a fábrica de produtos lácteos será ampliada em mil metros quadrados. Além disso, receberá significativa inovação tecnológica na automatização da produção. Estão sendo adquiradas novos equipamentos com alta tecnologia que, entre outras coisas, farão o carregamento automatizado dos lácteos.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER