Com 27% da produção nacional de leite, Minas Gerais se destaca como um verdadeiro celeiro desse alimento tão importante para a mesa dos brasileiros.
Com 27% da produção nacional de leite, Minas Gerais se destaca como um verdadeiro celeiro desse alimento tão importante para a mesa dos brasileiros.
Com 27% da produção nacional de leite, Minas Gerais se destaca como um verdadeiro celeiro desse alimento tão importante para a mesa dos brasileiros.
O Dia Mundial do Leite, celebrado em 1º de junho, é um marco importante para Minas Gerais, estado que se destaca como o maior produtor de leite do Brasil, respondendo por 27% da produção nacional.

A data, instituída pela FAO/ONU em 2001, visa reconhecer a importância do leite como um alimento global e essencial para a saúde humana, especialmente para as crianças.

No Brasil, o setor leiteiro se destaca como um dos pilares do agronegócio nacional. O país é o sexto maior produtor de leite do mundo e Minas Gerais é o maior estado produtor, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Estes números se refletem na geração de emprego e renda, com mais de um milhão de propriedades rurais explorando o leite e um total de quatro milhões de empregos diretos e indiretos na cadeia produtiva.

Com 27% da produção nacional de leite, Minas Gerais se destaca como um verdadeiro celeiro desse alimento tão importante para a mesa dos brasileiros. A presença da produção leiteira em 99% dos municípios do estado demonstra a força e a capilaridade do setor, gerando renda para cerca de 200 mil famílias.

Segundo o presidente do Sistema Faemg Senar, Antônio de Salvo, a instituição reconhece a importância desta nobre atividade e se posiciona como parceira no desenvolvimento sustentável da pecuária leiteira de Minas Gerais. “Ofertamos cursos de capacitação, assistência técnica e gerencial, e representamos os interesses dos produtores em diversos fóruns a fim de buscar desenvolvimento da cadeia produtiva. Nesta data, temos muito o que comemorar. Conseguimos avançar com ações importantes, como o Minas Grita pelo Leite, mas continuamos vigilantes, pois nosso objetivo sempre é garantir melhores condições para o setor e, com isso, melhorar as condições de vida do produtor rural”, diz.

A terra do leite

“Dedicação e trabalho duro resumem a rotina daqueles que, dia após dia, desde o amanhecer, garantem a produção desse alimento rico e nutritivo. E não podemos esquecer do nosso delicioso queijo mineiro, que também tem origem no leite”, destaca, Antônio de Salvo.

Qualidade incomparável

O leite mineiro é reconhecido mundialmente por sua alta qualidade. Fatores como bom clima, pastagens ricas e tradição leiteira contribuem para um produto superior, com sabor único e alto teor de nutrientes.

Minas Gerais também é o berço de queijos artesanais premiados, como o Queijo Canastra, Serro e Araxá. Esses produtos típicos colocam o estado no mapa da gastronomia mundial e garantem renda extra para as famílias produtoras.

 

 

 

Glass and bottle of fresh milk on wooden table

Veja também

Embora o vírus até agora não tenha mostrado nenhuma evidência genética de adquirir a capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa, as autoridades de saúde pública estão monitorando de perto a situação da vaca leiteira como parte dos esforços gerais de preparação para a pandemia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER