Empresa estreia no país com linha de laticínios, que conta com 14 SKUs
brasil
“O Brasil é um país com potencial em queijos e grande colonização italiana, conexão que certamente trará muito desenvolvimento para marca no país"
No Brasil, 28% das pessoas consomem queijo diariamente, segundo dados da Mintel, um número crescente que, quando analisado com consumo per capta do produto em relação a outros países do mundo, demonstra seu enorme potencial de desenvolvimento dentro do país.

Tendo em vista esse mercado promissor, Galbani, marca de queijos na Itália, chega ao Brasil para ampliar os produtos DPA, empresa que lidera o segmento de lácteos refrigerados e pertencente à Lactalis. Sendo assim, a marca fará parte do portfólio do grupo de laticínios, que engloba marcas como Batavo, Parmalat, Itambé, Président, Poços de Caldas, Dobon e Elegê.

“O Brasil é um país com potencial em queijos e grande colonização italiana, conexão que certamente trará muito desenvolvimento para marca no país”, comenta Roberto Carrelas, diretor geral da DPA.

A Galbani apresentará nas gôndolas nacionais quatro produtos: mussarela, manteiga, creme de ricota, parmesão, além dos queijos de longa maturação importados da Itália, o Grana Padano e o Parmigiano Reggiano.

Ao todo a marca contará com 14 SKUs comercializadas no Brasil: manteiga com sal pote e tablete; manteiga sem sal pote e tablete; creme de ricota tradicional e light; queijo parmesão fracionado e ralado 50g e 100g; mussarela fatiada; mussarela ralada; e grana padano e parmigiano reggiano que contam com o selo DOP (denominação de origem protegida). Eles poderão ser encontrados em redes de supermercados, grandes atacadistas, mercados de proximidade e padarias.

Veja também

Conforme Petry, a fábrica de produtos lácteos será ampliada em mil metros quadrados. Além disso, receberá significativa inovação tecnológica na automatização da produção. Estão sendo adquiradas novos equipamentos com alta tecnologia que, entre outras coisas, farão o carregamento automatizado dos lácteos.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER