De gigantes da indústria de alimentos e bebidas a líderes em biotecnologia e energia renovável, essas empresas são pilares da força agrícola do Brasil. Conheça quem são as maiores empresas do agronegócio
Com uma vasta extensão territorial e condições climáticas favoráveis, o Brasil se destaca como um dos maiores produtores e exportadores de produtos agrícolas do mundo.
Com uma vasta extensão territorial e condições climáticas favoráveis, o Brasil se destaca como um dos maiores produtores e exportadores de produtos agrícolas do mundo.
O agronegócio no Brasil é um dos setores mais vitais da economia, representando uma parcela significativa do PIB e sendo responsável por uma grande parte das exportações do país.

Com uma vasta extensão territorial e condições climáticas favoráveis, o Brasil se destaca como um dos maiores produtores e exportadores de produtos agrícolas do mundo.

Já mostramos por aqui os maiores fazendeiros do país, donos de vastas propriedades e rebanhos imensos, e muitos ficaram impressionados com a grandeza e o valor de suas terras. No entanto, isso é pequeno se comparado às maiores empresas do agronegócio no Brasil. Neste artigo, apresentaremos as cinco maiores empresas do setor agro no país. Algumas são tão enormes que é difícil acreditar. Acompanhe!

Top 5 empresas do agronegócio no Brasil

Marfrig

A Marfrig iniciou suas operações em Bataguaçu, Mato Grosso do Sul, e rapidamente expandiu para São Paulo e Mato Grosso. Em 2007, a empresa adquiriu unidades de processamento de carne bovina em Goiás, Rio Grande do Sul e Rondônia. No mesmo ano, começou a atuar na Argentina, Chile e Uruguai. Hoje, a Marfrig é reconhecida globalmente como líder na produção de hambúrgueres e uma das maiores empresas de proteína bovina no mundo. A recente aquisição da BRF, uma das maiores companhias de alimentos, fortaleceu sua posição no mercado global, diversificando sua produção e ampliando seu portfólio de proteínas. A Marfrig está presente em cerca de 100 países e possui unidades de produção e centros de distribuição em quatro continentes, empregando cerca de 30.000 colaboradores.

Conheça as TOP 5 maiores empresas do agronegócio no Brasil
Foto: Divulgação

Cozan

A família Ometto, composta por imigrantes italianos, começou a construir seu império no setor agrícola há mais de um século. Membros da família Ometto, já nascidos no Brasil, começaram trabalhando em uma lavoura de café na região de Amparo, no interior de São Paulo. Após alguns anos, conseguiram comprar uma pequena fazenda de café e se estabeleceram na região de Piracicaba. Foi lá que adquiriram a Fazenda Boa Vista e fundaram a Usina Costa Pinto. Nas décadas seguintes, a família expandiu seu negócio, criando várias usinas em diferentes locais, sempre em busca de terras férteis e climas favoráveis.

Com o tempo, a empresa cresceu de forma notável, tornando-se a maior produtora mundial de açúcar e álcool. Hoje, a Cozan se destaca como uma das principais empresas de agroenergia do Brasil, com um portfólio diversificado que inclui a produção e exportação de etanol e açúcar. Um aspecto crucial de suas operações é a geração de energia a partir do bagaço da cana, uma prática sustentável que contribui significativamente para o setor energético do país. Sob a liderança de Luiz Henrique Ometto, a Cozan registrou uma receita de bilhões de dólares em 2023.

Conheça as TOP 5 maiores empresas do agronegócio no Brasil
Foto: Divulgação

Atualmente, a Cozan é um conglomerado que vai além da produção de açúcar e álcool, incluindo logística de açúcar e outros granéis sólidos para exportação. Recentemente, a empresa ampliou sua estratégia de investimentos, marcando presença no mercado imobiliário agrícola brasileiro por meio de participações em empresas de gestão ativa de propriedades agrícolas, como Radar, Tellus, e Janus Brasil. Esses investimentos reforçam o compromisso da Cozan com a diversificação e a inovação no setor agrícola brasileiro.

Nestlé

Muitos pensam que a Nestlé não tem ligação com o agronegócio, mas essa visão está equivocada. A história da Nestlé começa na cidade de Vevey, na Suíça, na segunda metade do século XIX, quando o farmacêutico suíço Henry Nestlé desenvolveu uma fórmula para combater a desnutrição infantil, que era comum na Europa na época. Sua ideia era criar um alimento que fosse fácil de armazenar e que oferecesse uma gama básica de nutrientes. Assim, ele combinou leite, açúcar e farinha de trigo, criando a farinha láctea. Inicialmente, a invenção foi usada para ajudar crianças com problemas alimentares e rapidamente se transformou em um negócio próspero.

Hoje, quase duas décadas depois, a Nestlé é líder de mercado em diversos segmentos. É a maior vendedora de águas engarrafadas, cafés, e alimentos para pets, além de ser a quinta maior vendedora de chocolates. Ao todo, a Nestlé possui mais de 2.000 marcas reconhecidas sob seu guarda-chuva. Esse sucesso fez da Nestlé a maior fabricante de alimentos do mundo, influenciando diretamente a vida de centenas de milhares de produtores rurais e comerciantes em todo o mundo.

Conheça as TOP 5 maiores empresas do agronegócio no Brasil
Foto: Divulgação

A Nestlé colabora com uma vasta rede de fornecedores de insumos essenciais, como cacau, café, leite, cereais, frutas, leguminosas e vegetais. A empresa reforça essas parcerias com a cadeia de abastecimento, focando no desenvolvimento do produto e na rastreabilidade da origem dos alimentos. A Nestlé mantém um programa de rastreabilidade do abastecimento responsável, monitorando aspectos sociais, ambientais e de direitos humanos nas commodities prioritárias para o negócio, como açúcar, avelãs, baunilha, cacau, café, carne, aves e ovos, entre outros. No Brasil, suas ações se concentram nas cadeias de grande volume de produção agrícola do país, como cacau, café, laticínios, cereais, frutas, legumes e vegetais.

Raízen

A Raízen é uma empresa integrada de energia de origem brasileira, com presença nos setores de produção de açúcar e etanol, distribuição de combustíveis, geração de energia renovável e investimentos. Seu nome é uma fusão das palavras “raiz” e “energia”, refletindo sua principal atuação no setor sucroalcooleiro do país.

A Raízen é a maior exportadora individual de açúcar de cana do Brasil no mercado internacional, com atividades que abrangem todas as etapas da produção. Desde o estudo da cana-de-açúcar, passando pela fabricação de açúcar e etanol, cogeração de energia, logística, transporte, distribuição, exportação e varejo de combustíveis, a Raízen opera sob a marca Shell no Brasil, Argentina e Paraguai. A empresa foi criada a partir da união de parte dos negócios da Shell e da Cosan, integrando as unidades da Cosan responsáveis pela produção de açúcar, etanol e cogeração de energia na nova entidade.

Conheça as TOP 5 maiores empresas do agronegócio no Brasil
Foto: Divulgação

A Raízen produz cerca de 2,5 bilhões de litros de etanol de cana-de-açúcar por ano, atendendo tanto o mercado interno quanto o externo. A empresa emprega mais de 30.000 funcionários e possui escritórios administrativos em todo o Brasil e recentemente na Argentina.

JBS

A história da JBS começou em 1953, quando José Batista Sobrinho iniciou as operações em uma pequena planta com capacidade de processar cinco cabeças de gado por dia, na cidade de Anápolis, em Goiás, na região centro-oeste do Brasil. Em 2023, a JBS comemorou seu 70º aniversário e foi reconhecida pela Forbes como a maior empresa do agronegócio no Brasil, consolidando sua posição de líder no mercado de proteína animal e destacando-se como a maior empresa privada do Brasil em termos de receita.

Veja também

Embora o vírus até agora não tenha mostrado nenhuma evidência genética de adquirir a capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa, as autoridades de saúde pública estão monitorando de perto a situação da vaca leiteira como parte dos esforços gerais de preparação para a pandemia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER