Parte da administração de uma fazenda de laticínios significa estar preparado para crises de qualquer tipo. Segurança alimentar, bem-estar animal, desastres naturais, colapso econômico e contaminação química são apenas alguns dos possíveis problemas que uma fazenda pode enfrentar. 
caso ocorra uma crise, mantenha a calma durante todo o processo, você estará no caminho certo para um gerenciamento de crise eficaz.
Caso ocorra uma crise, mantenha a calma durante todo o processo, você estará no caminho certo para um gerenciamento de crise eficaz.
Adam Brock, vice-presidente de segurança alimentar da Dairy Farmers of Wisconsin, considera a preparação para crises um componente essencial de toda operação agrícola.

Em um webinar realizado pela Penn State University Extension, Brock apresentou exemplos concretos de crises de segurança de alimentos e maneiras de desenvolver planos de resposta para seus negócios.

As crises de segurança podem ser específicas de uma região, de um setor ou de uma situação, o que torna imperativo que todas as organizações tenham protocolos em vigor que sejam particularmente adequados para enfrentar os desafios da empresa. Por exemplo, embora qualquer fazenda possa enfrentar um desastre natural, somente aquelas em uma área propensa a tornados precisarão ter um protocolo de segurança em vigor no caso de um tornado.

Para isso, faça uma avaliação de risco dos eventos que poderiam causar uma crise de segurança de alimentos em sua área e em sua fazenda e aborde-os individualmente. Brock também enfatizou o conhecimento das informações de contato das equipes de resposta a emergências em sua área antes que ocorra uma crise como medida preventiva.

Para ser ainda mais proativo em relação às crises de segurança de alimentos, Brock aconselhou ter um plano de recall operacional e um plano de ação de comunicação em vigor. A forma como uma empresa lida com as consultas da mídia pode ter um impacto significativo na sua imagem futura e no seu sucesso econômico. Ele sugeriu nomear um porta-voz e criar um “mapa de mensagens” que descreva explicitamente as estratégias de resposta. Esses mapas de mensagens podem incluir perguntas e preocupações hipotéticas, mensagens-chave a serem enfatizadas e informações de apoio.

“As histórias saem do controle muito rapidamente”, disse Brock. “É preciso ser transparente com a questão, mas não se deve parecer que se está gerando informações de uma agência de relações públicas. É possível perceber se alguém não parece genuíno.”

“Essas coisas podem parecer básicas, mas nós nos esquecemos delas”, acrescentou. “Reserve um tempo para analisar e praticar e, a partir daí, desenvolva-se.”

Essa linha tênue entre transparência e pragmatismo pode parecer complicada, mas desde que você planeje com antecedência, pratique suas respostas e, caso ocorra uma crise, mantenha a calma durante todo o processo, você estará no caminho certo para um gerenciamento de crise eficaz.

Veja também

Embora o vírus até agora não tenha mostrado nenhuma evidência genética de adquirir a capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa, as autoridades de saúde pública estão monitorando de perto a situação da vaca leiteira como parte dos esforços gerais de preparação para a pandemia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER