Duas queijarias artesanais de Ponte Alta receberam um importante selo. Com a certificação, os queijos poderão ser comercializados em todo o país
O Selo Arte é um certificado de identidade e qualidade que possibilita o comércio nacional de produtos alimentícios feitos artesanalmente

As queijarias Tobias e Maciel, produtoras de queijo artesanal em Ponte Alta, na Serra de Santa Catarina, receberam o ‘Selo Arte’. Com a certificação, os queijos poderão ser comercializados em todo o país.

Com a certificação, os queijos poderão ser comercializados em todo o país. - Epagri/Divulgação/ND

Com a certificação, os queijos poderão ser comercializados em todo o país. – Epagri/Divulgação/ND

O selo foi entre em um evento realizado pela Cidasc e Epagri no dia 29 de fevereiro. A entrega foi na propriedade do casal José Oliveira Tobias Pereira e Fátima Aparecida Farias Pereira, donos da queijaria Tobias.

O que é o Selo Arte?

O Selo Arte é um certificado de identidade e qualidade que possibilita o comércio nacional de produtos alimentícios feitos artesanalmente, segundo o Governo Federal.

Para receber o selo o produtor precisa, contar com um serviço de inspeção implantado e comprovar a adoção de boas práticas de fabricação e de obtenção de matéria-prima, incluindo atenção à sanidade, à nutrição, ao manejo adequado dos animais e às boas práticas ambientais.

Queijaria Tobias:

José Oliveira Tobias Pereira e Fátima Aparecida Farias Pereira nasceram e vivem em Cerro Verde I, em Ponte Alta, onde implantaram a queijaria Tobias. Dedicam-se à produção de gado de corte e de queijo há quase 30 anos.

A produção de queijo é uma tradição para a família, que veio dos avós paternos de Fátima. Ela iniciou a atividade após o nascimento do primeiro dos três filhos, como uma forma de aproveitar o leite que tinha disponível.

Segundo a Epagri, no início, a produção de queijo era feita na cozinha de casa, com pouco espaço. O sonho da família era ter um local próprio para fabricação.

Em 2015 iniciou a construção da queijaria, com financiamento do Programa SC Rural. Atualmente a queijaria tem 26 m² de área e a sala de cura tem capacidade para 200 peças de queijo.

Em 2022 a queijaria recebeu o título de registro no SIM (Serviço de Inspeção Municipal), que agora se soma ao Selo Arte.

Queijaria Maciel:

Idefonso Amaro Maciel e Rosa Kroth Maciel são os proprietários da queijaria que leva o sobrenome da família. Eles nasceram no Oeste de Santa Catarina e se casaram em 1994, em Campos Novos, onde moraram por 10 anos no Assentamento 30 de outubro.

Em 2004 se mudaram para o Assentamento Anita Garibaldi, em Ponte Alta, onde mantém os negócios no meio rural. A família começou a produzir queijo porque precisavam de uma renda.

No início, o queijo era feito com o leite de duas vacas, a ordenha acontecia embaixo de uma árvore e a produção era vendida de porta em porta. Com o passar do tempo, a produção aumentou e há mais de 20 anos o queijo é a principal renda da família.

A construção da queijaria iniciou em 2015, também com incentivo financeiro do Programa SC Rural. Ao longo do tempo a família participou de diversos cursos e foi aprimorando a fabricação do queijo.

O produto da queijaria Maciel venceu concursos do queijo artesanal serrano. O prêmio mais recente foi recebido no ano passado, durante o IV Simpósio de Queijos Artesanais e I Concurso Estadual de Queijos Artesanais, onde recebeu o selo prata.

Em 2022 a queijaria recebeu o título de registro no SIM e agora pode ampliar a comercialização para o país com a obtenção do Selo Arte.

Veja também

“Diga-me o que você come e eu lhe direi quem você é”, do gastrônomo e jurista francês Brillat-Savarin, e “Nós somos o que comemos”, do

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Australia

Don’t cry for me Australia: como os laticínios da Austrália estão seguindo os passos da Argentina

O Brasil, em 2022, atingiu 885.000 toneladas métricas entre vários tipos de queijos tropicais e europeus.

Dados saborosos sobre o consumo e a produção de queijo em todo o mundo, que vão dar água na boca

Publicidade

Publicidade em tempos de crise: a estratégia que pode fazer a diferença entre o sucesso e a sobrevivência do seu negócio de laticínios

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER