A Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia) disse, em nota, estar acompanhando a situação do Rio Grande do Sul e que não há risco iminente de desabastecimento no Estado.
As indústrias associadas que operam na região estão monitorando de perto a situação e adotando medidas para mitigar possíveis impactos no abastecimento
As indústrias associadas que operam na região estão monitorando de perto a situação e adotando medidas para mitigar possíveis impactos no abastecimento.

A Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia) disse, em nota, estar acompanhando a situação do Rio Grande do Sul e que não há risco iminente de desabastecimento no Estado.

Destaca, porém, que as condições climáticas adversas têm prejudicado as operações logísticas, o que deverá afetar a população local e os Estados que recebem os produtos fabricados no Rio Grande do Sul.

Qualquer alimento deveria ser mais barato, diz Abia sobre tributária – eDairyNews-BR

A entidade ressalta que, além de produzir 80% do arroz nacional, o Rio Grande do Sul tem grande participação na produção de proteínas animais, laticínios, óleos e gorduras vegetais, chocolates, trigo, suco de uva, frutas de clima temperado.

“As indústrias associadas que operam na região estão monitorando de perto a situação e adotando medidas para mitigar possíveis impactos no abastecimento, trabalhando na identificação de alternativas logísticas e na mobilização de recursos para garantir a continuidade da circulação de alimentos e bebidas”, informou.

EDAIRY MARKET | O Marketplace que Revolucionou o Comércio Lácteo

A indústria de alimentos e bebidas representa 18,1% do PIB da Região Sul. São 3,7 mil empresas no Estado, que proporcionam 785 mil empregos diretos e indiretos em toda a cadeia (agricultura, pecuária, setores de embalagens, máquinas e equipamentos).

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

Glass of milk with bubbles isolated on white top view

Veja também

Conheça As Variedades E Benefícios Para A Saúde E O Bem-Estar dos queijos.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER