Na ExpoQueijo, a iniciativa proporcionará a participação de 30 cooperativas voltadas para a produção de queijos e laticínios.
ExpoQueijo, Secretário de Estado, Thales Fernandes, durante entrevista coletiva concedida no Grande Hotel Termas de Araxá. Foto: Caio César/Portal Imbiara
Secretário de Estado, Thales Fernandes, durante entrevista coletiva concedida no Grande Hotel Termas de Araxá. Foto: Caio César/Portal Imbiara
A Expoqueijo – Araxá International Cheese Awards – é um evento muito importante para os produtores de todo o estado. Essa afirmação foi feita nesta quarta-feira (26) durante entrevista coletiva concedida pelo secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Thales Fernandes.

O responsável pela pasta chegou a Araxá no fim da tarde de hoje (26) para participar do evento que está na 4ª edição. Thales afirmou que o Governo do Estado assinará um convênio com a Ocemg durante a realização do evento, que começa nesta quinta-feira (27) e vai até o próximo domingo (30).

“O Governo de Minas assinará um convênio com a Ocemg, no qual vamos selecionar 30 cooperativas voltadas para a produção de queijos e laticínios. Faremos um trabalho para melhorar a gestão na propriedade rural, buscar novos mercados e realizar estudos de mercado e de comercialização desses produtos, profissionalizando ainda mais os produtores, em uma ação feita em parceria com o Sebrae e o Senar.

EDAIRY MARKET | O Marketplace que Revolucionou o Comércio Lácteo

Temos hoje 30 mil produtores de queijo reconhecidos pela Emater. É um grande desafio fazer o produtor trabalhar na comercialização do produto da porteira para fora”, reitera o secretário de Estado.

De acordo com o secretário, a Expoqueijo 2024 valoriza a função exercida pelo produtor rural em todo o estado. “O evento vem consolidar realmente esse produto que é tão emblemático em Minas Gerais, que é o nosso queijo, um produto que valoriza os produtos artesanais, agrega valor, traz renda e dignidade para o produtor rural.

E, aqui nesse evento, que não é só um concurso, mas também inclui eventos técnicos e várias outras ações, o produtor vem cada vez mais agregar valor e buscar suas medalhas, mas também vem adquirir conhecimento, discutir com outros atores, como produtores de outros países e estados, para divulgar o produto mineiro para fora do Brasil”, destaca.

 

whatsapp image 2024 06 26 at 18 40 16
O secretário de Estado, Thales Fernandes, exaltou o Expoqueijo como o principal expoente do produto por Minas Gerais. Foto: Caio César/Portal Imbiara

Na opinião de Thales, a realização da Expoqueijo reflete as ações promovidas pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. “Estamos trabalhando com a defesa agropecuária, a extensão e a pesquisa.

A produção de queijo em Minas Gerais tem crescido muito e alcançado mercados que nunca imaginávamos. Temos a expectativa de exportar esses queijos para o mundo todo, abrindo um mercado ainda maior e agregando cada vez mais valor com produtos diferenciados.

Temos queijos autorais de várias regiões, cada um com suas características próprias. Este evento consolida e coroa todo esse trabalho em conjunto com os parceiros”, diz Fernandes.

Segundo o secretário, com o crescimento do número de queijos certificados e a profissionalização do setor, a comercialização é a maior preocupação da área agropecuária.

“Hoje, superada a questão dos registros dos estabelecimentos, das boas práticas de fabricação, das análises laboratoriais e dos regulamentos das caracterizações das microrregiões, nosso desafio é fazer com que esse queijo alcance o mercado, a um preço que permita ao produtor uma previsibilidade para continuar produzindo, que agregue valor e mostre, na sucessão familiar, a importância de seguir produzindo.

É um grande desafio, mas trabalhando com nossos parceiros como Sebrae, Ocemg e a Faemg, estamos ouvindo o setor produtivo e conseguindo alcançar esse mercado”, reconheceu o secretário.

 

whatsapp image 2024 06 26 at 18 40 34
Parte da estrutura da Expoqueijo onde abriga a praça de alimentação e as atrações musicais por quatro dias. Foto: Caio César/Portal Imbiara

Confira mais informações em áudio gravado pela reportagem do Portal Imbiara durante entrevista coletiva concedida pelo secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Thales Fernandes:

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

 

 

Veja também

Os produtores de leite no Brasil enfrentam incertezas com os preços em baixa e as importações. Na análise do secretário-executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios do Rio Grande do Sul, Darlan Palharini, a recuperação da cadeia produtiva vai depender da melhoria nos custos de produção.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER