Evento Nacional integra a programação do Minas Láctea 2024, que acontece em julho em Juiz de Fora.
Nacional. O prazo para a inscrição no concurso vai até 5/7 pelo site do Minas Láctea
O prazo para a inscrição no concurso vai até 5/7 pelo site do Minas Láctea.
Epamig – Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT) , está recebendo inscrições para o 47º Congresso Nacional de Produtos Lácteos (CNPL).

O evento integra a programação do Minas Láctea 2024, que acontece entre os dias 16 e 18/7, em Juiz de Fora, na Zona da Mata.

O julgamento das 14 categorias ( confira aqui ) será realizado nos dias 16 e 17/7, no Instituto Laticínios Cândido Tostes e o resultado será divulgado no dia 18/7, no encerramento do Minas Láctea. As avaliações do CNPL serão fechadas ao público. A principal novidade desta edição é a adição de categorias que contemplam queijos de leite de cabra.

“Sabemos do crescimento gradativo, não só em Minas, mas no Brasil em geral, da produção de leites de cabra, bem como dos seus derivados. O mercado consumidor também vem criando mais curiosidade e adesão a queijos de outras espécies, principalmente incentivados pela área gourmet”, detalha a pesquisadora Carolina Viana, integrante da Comissão Organizadora do concurso.

“E, como forma de testar essa adesão e a participação deste setor no CNPL, incluímos as categorias de queijos de leite de cabra, que optamos por dividir em dois tempos de maturação (até 30 dias e acima de 31 dias), para facilitar a avaliação pelos jurados”, revela.

Podem participar do Concurso Nacional de Produtos Lácteos, indústrias de laticínios localizadas no Brasil que se adequem às normas de inspeção oficial e que atendam às exigências do regulamento .

O valor da inscrição é R$ 495 por laticínio, independente do número de categorias que vá disputar. É importante ressaltar que cada participante pode inscrever apenas um produto por categoria.

“Na 46ª edição do Concurso Nacional de Produtos Lácteos, fomos surpreendidos por uma expressiva participação das indústrias de laticínios e tivemos empresas que participaram pela primeira vez. Para este ano, imaginamos que possa haver um aumento nas inscrições e amostras enviadas, principalmente com o incremento de duas novas categorias”, afirma Carolina Viana.

Prazo e julgamento

O prazo para a inscrição no concurso vai até 5/7 pelo site do Minas Láctea, onde também é possível consultar os atributos de avaliação e classificação dos produtos e os critérios para a seleção da equipe de juízes.

A equipe será composta por técnicos, profissionais da indústria de laticínios, pesquisadores, professores da área, e profissionais da área de inspeção de produtos lácteos.

Com o acréscimo dos queijos de cabra com maturação de até 30 dias ou mais de 31 dias, o CNPL contará com 14 categorias.

Serão avaliados também: Queijo Prato Lanche 3 quilos, Queijo Tipo Gouda, Queijo Tipo Provolone, Queijo Tipo Parmesão, Queijo Tipo Reino, Queijo Minas Padrão, Queijo Azul, Queijo Tipo Cottage, Manteiga, Requeijão Cremoso, Doce de Leite Pastoso e Produto Lácteo Inovador (qualquer produto lácteo com pelo menos uma característica inovadora ou que se destaque).

A Comissão Organizadora do CNPL é integrada pelos professores/pesquisadores da Epamig ILCT Ana Flávia Pacheco, Carolina Viana e Fernando Resplande Magalhães.

Veja também

“Diga-me o que você come e eu lhe direi quem você é”, do gastrônomo e jurista francês Brillat-Savarin, e “Nós somos o que comemos”, do

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Australia

Don’t cry for me Australia: como os laticínios da Austrália estão seguindo os passos da Argentina

O Brasil, em 2022, atingiu 885.000 toneladas métricas entre vários tipos de queijos tropicais e europeus.

Dados saborosos sobre o consumo e a produção de queijo em todo o mundo, que vão dar água na boca

Publicidade

Publicidade em tempos de crise: a estratégia que pode fazer a diferença entre o sucesso e a sobrevivência do seu negócio de laticínios

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER