As importações de produtos lácteos pela China, um dos principais participantes do mercado global, caíram drasticamente desde 2022 devido ao aumento da produção local, aos altos estoques e às dificuldades logísticas, impactando os preços internacionais e a estabilidade do mercado.
Esperava-se que a demanda começasse a se recuperar, mas até o momento não há sinais disso. China
Esperava-se que a demanda começasse a se recuperar, mas até o momento não há sinais disso.
As importações de lácteos da China estavam crescendo significativamente entre 2013-2021 (exceto pela crise de 2015) a uma taxa acumulada de 10,6% ao ano, com a queda de 16,5% em 2022 e a queda de 10,0% em 2023, a taxa caiu para 5,3% ao ano.

De qualquer forma, a China continua sendo o principal impulsionador da demanda de lácteos no mercado internacional.

CHINA: importaciones de productos lácteos a la baja

 

As compras da China no mercado internacional totalizaram cerca de 20 bilhões de litros de leite equivalente em 2021, muito próximo de 25% do que foi negociado nesse mercado (excluindo as vendas intra-UE), portanto, seu comportamento é muito relevante para a determinação de preços. Em 2022, houve uma queda de 17,1% nas vendas globais na China.

Se observarmos o que aconteceu em 2023, as compras da China, medidas em litros de equivalente leite, caíram 20,5% (as compras chinesas representaram 14% do mercado mundial), subtraindo assim entre 3 e 4 pontos percentuais da demanda mundial, que se deparou com um crescimento da produção mundial em torno de +1% e uma retração da demanda no consumo interno dos países exportadores, o que contribuiu como a principal causa da queda de preços observada durante quase todo o ano de 2023.

 

 

Essas quedas nas compras chinesas responderam, em princípio, à maior produção local (veja o gráfico abaixo), aos altos estoques gerados nas grandes compras de 2021, às dificuldades logísticas envolvidas no fechamento de algumas cidades devido aos surtos de Covid, aos efeitos colaterais da guerra na Ucrânia e ao processo inflacionário que vem ocorrendo em todas as economias mundiais com efeitos recessivos sobre a demanda.

EDAIRY MARKET | O Marketplace que Revolucionou o Comércio Lácteo

Esperava-se que a demanda começasse a se recuperar (analisando várias publicações de agências especializadas), mas até o momento não há sinais disso.

No mês de maio, as importações foram, em geral, baixas, com aumentos em produtos de relevância muito baixa no total das importações. Nos primeiros cinco meses do ano, a grande maioria das importações está em baixa, com apenas alguns aumentos em produtos de menor importância.

 

O valor total das importações em dólares no período de janeiro a maio do ano foi 23,5% menor do que no mesmo período do ano anterior e o valor médio passou de US$ 4.552/tonelada para US$ 4.108/tonelada, 9,8% menor, portanto a queda foi uma combinação de mix de preço e volume, que caiu 15,2%.

O Valor por Litro de Leite Equivalente das importações da China no período de janeiro a maio de 2024 foi de US$ 0,88 (queda de 11,7%), quando o Valor por Litro Equivalente das exportações totais da Argentina para todos os destinos no mesmo período foi de US$ 0,54/litro.

O gráfico a seguir mostra as taxas de variação das importações de produtos lácteos da China, com uma queda significativa em 2022 e no início de 2023, como resultado dos fatores mencionados acima, e a taxa ligeiramente positiva em março de 2023, que volta a ser ligeiramente negativa em abril e começa a se recuperar em maio de 2023 e com muito mais força em junho, mas voltando a ficar ligeiramente negativa em julho e caindo acentuadamente em agosto e setembro, diminuindo a taxa de declínio anual em outubro, uma nova queda significativa em novembro e dezembro do ano passado e a continuação do ciclo de queda acentuada entre janeiro e maio deste ano.

A China é o principal importador de leite em pó integral e seu principal fornecedor é a Nova Zelândia, que detinha uma participação de 90,6% desse produto no gigante asiático até o momento em 2024, quase idêntica à participação em 2023, que foi de 91,3% no mesmo período.

 

 

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

 

Veja também

Conheça As Variedades E Benefícios Para A Saúde E O Bem-Estar dos queijos.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER