A empresa de laticínios Las Tres Niñas do grupo argentino Adecoagro inaugurou um biodigestor na província de Santa Fé, que permite transformar o esterco bovino em energia e fertilizantes.
Las Tres Niñas. A construção de um novo biodigestor completa e complementa o sistema de economia circular, capturando metano para a geração de eletricidade e biofertilizantes.
Las Tres Niñas. A construção de um novo biodigestor completa e complementa o sistema de economia circular, capturando metano para a geração de eletricidade e biofertilizantes.
A empresa de laticínios Las Tres Niñas colocou em funcionamento um segundo biodigestor na área sul de Santa Fé, com um investimento de u$s8 milhões.

Essa ação permite converter a matéria orgânica das vacas em energia renovável e biofertilizantes, fechando assim o ciclo de produção de forma sustentável, melhorando a pegada ambiental, sob o conceito de economia circular.

A empresa, que faz parte do grupo Adecoagro, destacou que, desde que inaugurou o primeiro biodigestor em 2017, mais de 400 mil toneladas de esterco animal foram processadas e mais de 50 mil MWh de energia acumulada foram gerados.

De acordo com a empresa, esse segundo módulo tem capacidade de 2MW de energia para fornecer um total de 3,4MW.

A construção desse segundo biodigestor completa e complementa esse sistema de economia circular, capturando metano para gerar eletricidade e biofertilizantes para a produção agrícola e alimentos para a fazenda de gado leiteiro.

Além dos biodigestores, a fazenda tem um parque solar com 1.550 painéis que fornecem uma potência instalada de 0,55 MW.

Mariano Bosch, CEO da Adecoagro, disse: “O comissionamento do segundo biodigestor faz parte de nossa visão estratégica de desenvolver modelos de produção sustentáveis e eficientes que promovam a economia circular. Esse investimento de u$s8 milhões completa os mais de u$s130 milhões que temos investido nos últimos 15 anos nesse campo para nossa produção sustentável de leite”.

Ernesto Pittaluga, Diretor do negócio de laticínios da empresa, acrescentou: “A inauguração deste segundo biodigestor coroa uma nova etapa em nosso sistema de produção sustentável, rastreável e de impacto positivo.

E acrescentou: “Hoje temos orgulho de abrir a porta de nossa casa para que os consumidores da Las Tres Niñas saibam como fazemos as coisas e a dedicação que colocamos para oferecer a melhor qualidade”.

O modelo de produção de bem-estar animal

Atualmente, a Adecoagro tem 14.500 vacas leiteiras, com capacidade para ordenhar mais de 500 vacas por hora e produzir mais de 550.000 litros de leite diariamente. A produção média anual é de cerca de 38 litros por vaca por dia, o que é muito superior à média nacional.

O principal fator para alcançar essa produtividade é que a empresa concentra seu modelo de produção no bem-estar animal, com altos padrões de alimentação, em um sistema sustentável e ecologicamente correto, que garante alta qualidade e rastreabilidade total de cada litro de leite.

A empresa também tem duas fábricas de processamento próprias e vários produtos lácteos comercializados localmente com as marcas Las Tres Niñas, Apóstoles e Angelita, além de exportar para outros países.

Nesse contexto, a Las Tres Niñas relançou sua linha de leites feitos com “Impacto Positivo”, ou seja, com foco em seu sistema exclusivo de produção sustentável.

Dessa forma, assume o compromisso de triplo impacto para gerar esse efeito positivo com base em seu laticínio sustentável, seu leite fresco e natural e a certificação do cuidado de suas vacas.

Las Tres Niñas possui a Certificação de Bem-Estar Animal concedida pela Organização Internacional de Pecuária. Descanso adequado, alimentação balanceada com suas próprias colheitas, saúde, conforto e cuidados permanentes com as vacas.

Por ter seu próprio laticínio, Las Tres Niñas garante cada parte do processo, desde o cuidado com as vacas até o leite chegar à prateleira, assegurando o tempo mínimo de embalagem após a ordenha. Isso resulta em um leite de alta qualidade, com todo o sabor e mantendo todas as suas propriedades.

Presença na Argentina, no Brasil e no Uruguai

Las Tres Niñas é uma marca da Adecoagro, uma produtora de alimentos e energia renovável com presença na Argentina, no Brasil e no Uruguai, fundada em 2002.

Na Argentina, além de ser a principal produtora de leite, tem produção verticalmente integrada e produz leites fluidos e aromatizados, cremes, queijos e leite em pó. É também a principal produtora de arroz do país e possui quatro fábricas de processamento, com sua marca Molinos Ala tendo uma participação de mercado de cerca de 18%.

As principais atividades da Adecoagro incluem a produção de açúcar, etanol, biometano, bioeletricidade, arroz processado, leite, amendoim, milho, soja, trigo e girassol.

A empresa produz anualmente cerca de 2,8 milhões de toneladas de produtos agrícolas e mais de 1 milhão de MWh de energia renovável.

Está listada na Bolsa de Valores de Nova York desde 2011 sob o símbolo AGRO. Emprega mais de 9.600 pessoas diretamente.

O modelo de produção sustentável da Adecoagro baseia-se no cuidado com os recursos naturais, na implementação de boas práticas agrícolas e na integração e apoio às comunidades locais.

 

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

Veja também

Embora o vírus até agora não tenha mostrado nenhuma evidência genética de adquirir a capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa, as autoridades de saúde pública estão monitorando de perto a situação da vaca leiteira como parte dos esforços gerais de preparação para a pandemia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER