É praticamente impossível tirar certos aperitivos do gosto do brasileiro. Sabendo disso, uma pesquisa decidiu apurar um dos nossos xodós do cardápio nacional e elegeu o melhor requeijão que hoje é vendido no Brasil.
requeijão
Os melhor requeijão do mercado foi escolhido por um júri especializado.
Requeijão | A pesquisa foi realizada pela coluna Paladar, do jornal O Estado de S. Paulo, que chamou especialistas em gastronomia para avaliar 12 marcas brasileiras e internacionais.

Os craques apontaram as melhores marcas e criaram um ranking que você, com certeza, vai gostar de conhecer.

O júri avaliou quesitos com aspecto visual, firmeza da massa, textura, aroma e sabor. O resultado foi surpreendente segundo os jurados. Alguns produtos mais populares surpreenderam pelo sabor e a combinação com os alimentos. Veja abaixo como ficou o ranking.

Expectativa e realidade

Durante o teste, os jurados davam notas de 1 a 10 para cada um dos quesitos avaliados. Alguns tipos de requeijão alcançaram notas bem elevadas pelo conjunto da obra, outros foram prejudicados por alguma característica específica: muito consistente ou líquido demais, por exemplo.

O critério de avaliação decisivo, no entanto, era o sabor. O teste foi feito para encontrar entre as 12 marcas avaliadas, as três que mais lembrassem as origens do requeijão no Brasil: um produto com sabor delicado, textura cremosa e apresentação de dar água na boca.

Segundo o ranking, os três melhores requeijões do mercado hoje são os das marcas Crioulo, Aviação e Poços de Caldas. Veja abaixo!

 

Ranking dos melhores requeijões 

O ranking escolheu o melhor requeijão e ainda apontou qualidades e defeitos de algumas marcas vendidas em todo o Brasil. A lista ficou da seguinte forma:

1 – Crioulo: o campeão entre as marcas testadas. Os jurados consideraram o requeijão com textura perfeita, sabor suave e agradável, cremosidade na medida, leve aroma de leite e bom equilíbrio no sal. Foi o único requeijão contemplado com notas 9 na escala de 0 a 10.

2 – Aviação: foi o segundo colocado no ranking. De acordo com os jurados, o requeijão tem uma textura muito similar a do requeijão artesanal, um sabor agradável, aroma defumado e bom equilibro de acidez e sal. Alguns dos jurados, porém, acharam o produto um pouco salgado em comparação aos demais.

3 – Poços de Caldas: foi o terceiro colocado no ranking. O requeijão apresentou textura perfeita, coloração levemente amarelada (que remete à gordura do leite), sal no ponto, bom aspecto visual. Um requeijão muito saboroso e levemente amanteigado na avaliação dos jurados.

4 – Catupiry: o produto foi bem na avaliação dos jurados, mas alguns apontaram o sabor como leve demais e a textura um pouco mais líquida que o desejável.

5 – Danúbio: a textura do produto foi muito bem avaliada pelos jurados, que classificaram o requeijão como muito firme, levemente gelatinoso e próximo da maionese. Também foram identificados aroma agradável, parecido com o do leite em pó, um pouco adocicado e sabor final com resquícios de óleo vegetal.

6- Itambé: a marca dividiu opiniões entre os jurados. Alguns consideraram textura boa, enquanto outros a consideraram um tanto densa demais. A ausência de aroma também foi apontada pelos jurados e quase todos relataram um retrogosto incômodo no final, um pouco adstringente (sensação de secura na boca).

7 -Nestlé: os jurados avaliaram a textura como muito firme, parecida com maionese, longe da cremosidade esperada de um requeijão. O sabor foi avaliado como bom, apesar do gosto que lembra a gordura vegetal da margarina; aroma suave e levemente adocicado.

8 – Danone: recebeu baixas indicações, por ser considerado um produto muito líquido para os padrões esperados. Outros pontos levantados: a quase inexistência de aroma, um sabor suave demais, com retrogosto amidoso e um resquício arenoso na língua.

9 – President: quase todos os jurados identificaram uma textura mais granulosa no produto de sabor suave, entre o iogurte e o creme de leite fresco. Também foi apontada certa acidez e sal um pouco acima do ponto no requeijão.

10 – Qualitá: todos os jurados identificaram um certo amargor no produto de textura boa e bom aspecto visual.

11 – Tirolez: foi considerado um produto de textura mais firme do que cremosa, similar a da maionese. Sabor suave, que poderia ter mais proximidade com o do creme de leite e um bom teor de sal.

12 – Vigor: os jurados entenderam a textura do produto como similar à de uma maionese firme. Um requeijão de aspecto brilhante, sabor suave e próximo do creme de leite, sal na medida certa.

 

 

Veja também

Claro que nem preciso contar que por trás dessa agenda tem um nome bem conhecido, cujas aplicações renderão, com toda certeza, rios de dinheiro para o onipotente investidor da agenda da Organização das Nações Unidas, ONU – Bill Gates.  O que tem de bom aí para nós? Provavelmente nada, e muito embora a abordagem seja “vendida” como sustentável e boa para o planeta, temo que para nós, humanos, não seja assim tão maravilhoso o caminho trilhado.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER