Resultado deve ser puxado por grandes produtores e pela melhora da rentabilidade diz Rabobank.
Rabobank. Perspectiva é de crescimento superior a 10% entre aqueles que possuem produção acima de cinco mil litros por dia — Foto: Valdemir Cunha/Ed. Globo
Perspectiva é de crescimento superior a 10% entre aqueles que possuem produção acima de cinco mil litros por dia — Foto: Valdemir Cunha/Ed. Globo
A produção brasileira de leite deve registrar crescimento de 1% em 2025, puxado por grandes produtores e pela melhora da rentabilidade após recuperação dos preços da matéria prima e queda dos custos de produção, segundo projeção do banco holandês Rabobank.

Apesar de muitos pequenos produtores terem abandonado a atividade no último ano diante da queda nas margens de lucro, a instituição financeira destaca que a perspectiva é de crescimento superior a 10% entre aqueles que possuem produção acima de cinco mil litros por dia, totalizando mais de 2,2 mil toneladas no período.

O fim do El Niño também é motivo para ser mais otimista com a recuperação da produção. A previsão é de temperaturas mais amenas com chuvas acima da média no Sudeste e Nordeste”, destaca o banco em relatório de mercado.

Para o segundo trimestre deste ano, a previsão do Rabobank é de um queda de 2% na produção de leite do Brasil quando comparado ao mesmo período de 2023.

Veja também

Nunca se deve deixar os queijos abertos dentro do refrigerador porque as propriedades frias, porém secantes, destes aparelhos não são boas para o produto.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER