O whey protein já é conhecido entre os atletas e praticantes esportivos; Veja se o suplemento é ultraprocessado e se você precisa tomar.
O whey protein é um suplemento alimentar derivado do soro do leite.
O whey protein é um suplemento alimentar derivado do soro do leite.

O whey protein é um dos suplementos mais populares entre os praticantes de exercícios físicos, especialmente aqueles que buscam ganho de massa muscular.

Mas, há muitas dúvidas sobre a sua classificação como alimento ultraprocessado e se ele é realmente necessário para todos.

O QUE É WHEY PROTEIN?

O whey protein é um suplemento alimentar derivado do soro do leite.

Ele é conhecido por sua alta concentração de proteínas de rápida absorção, essenciais para a reparação e construção muscular após o exercício.

 Existem três principais tipos de whey protein:

Concentrado: Contém baixos níveis de gordura e carboidratos, com cerca de 70-80% de proteína por dose.

Isolado: Passa por um processo adicional para remover toda a gordura e lactose, resultando em uma concentração de proteína de 90% ou mais.

Hidrolisado: Submetido a hidrólise, processo que quebra as proteínas em peptídeos menores, facilitando a absorção pelo corpo.

Foto: divulgação/freepik

O WHEY PROTEIN É ULTRAPROCESSADO?

O whey protein é produzido a partir do leite por meio de processos industriais que incluem filtração e desidratação para separar o soro.

Além disso, muitos produtos de whey protein contêm aditivos, como corantes, aromatizantes e edulcorantes, o que os classifica como ultraprocessados segundo os critérios da NOVA, uma classificação de alimentos baseada no grau de processamento.

Contudo, a classificação de ultraprocessado não significa que o whey protein seja prejudicial.

Diferentemente de refrigerantes, biscoitos e outros ultraprocessados que são ricos em açúcares, gorduras e aditivos sem valor nutricional, o whey protein oferece benefícios à saúde.

OS BENEFÍCIOS DO WHEY PROTEIN

Aumento da massa muscular: O whey protein é rico em aminoácidos essenciais, especialmente leucina, que é crucial para a síntese proteica e o aumento da massa muscular.

Recuperação muscular: Após o exercício, o whey protein ajuda a reparar os músculos danificados e a acelerar a recuperação.

Controle de peso: Pode ajudar na perda de peso ao aumentar a saciedade e reduzir o apetite, facilitando o controle da ingestão calórica.

Fortalecimento do sistema imunológico: Alguns componentes do whey protein, como a lactoferrina, podem fortalecer o sistema imunológico.

 

Foto: Reprodução

QUEM PRECISA TOMAR WHEY PROTEIN?

Nem todos precisam tomar whey protein. Embora seja um suplemento eficaz, muitas pessoas conseguem obter proteínas suficientes através da alimentação equilibrada.

Uma dose de whey protein geralmente contém a mesma quantidade de proteína que 100 gramas de frango, peixe ou carne. Portanto, para a maioria das pessoas, é possível alcançar suas metas de ingestão de proteína sem suplementos.

QUANDO O WHEY PROTEIN É RECOMENDADO?

Dificuldade em alcançar necessidades proteicas: Indivíduos com alta necessidade proteica, como atletas ou pessoas em programas intensivos de treinamento, podem se beneficiar do whey protein para atingir suas metas diárias.

Conveniência: Para aqueles com uma agenda agitada, o whey protein oferece uma maneira rápida e fácil de consumir proteína de alta qualidade.

Recuperação pós-treino: Para otimizar a recuperação após o treino, o whey protein é uma opção conveniente e eficaz devido à sua rápida absorção.

Foto: Reprodução/Freepik @javi_indy

WHEY PROTEIN E GANHO DE MASSA MUSCULAR

Extremamente popular entre os praticantes de exercícios físicos, o whey protein serve como uma fonte extra de proteína na alimentação, auxiliando no ganho de massa muscular.

Embora o whey protein seja um dos suplementos mais usados por quem está no processo de hipertrofia, é possível ganhar massa muscular sem ele.

Para a maioria das pessoas, as proteínas necessárias são facilmente encontradas na alimentação. Uma dose de whey protein tem, em média, a mesma quantidade de proteína que um filé de frango de 100 gramas.

MELHOR WHEY PROTEIN É NATURAL! VEJA COMO CONSUMIR 5 ALIMENTOS RICOS EM PROTEÍNA

whey protein é um ótimo aliado para quem pretende perder peso e melhorar o desempenho físico e alcançar hábitos mais saudáveis no dia a dia. Mas, por ser rico em proteínas e famoso entre o pessoal fitness, seus preços podem ser altos para quem está começando.

ALIMENTOS RICOS EM PROTEÍNAS

• Chia

Repleta antioxidantes e contém ômega-3, fibras, vitaminas, minerais como magnésio e potássio e proteínas completas. É considerada um dos poucos vegetais a oferecer um valor nutricional tão alto.

• Frango

Além de ser rica em proteínas, a carne magra (como peixes e peito de frango) é rica em ferro biodisponível e vitamina B12.

• Aveia:

Cheia de fibras saudáveis, proteínas, magnésio, manganês, tiamina (vitamina B1) e vários outros nutrientes.

• Leite de vaca:

Leite e iogurtes naturais são ricos em proteínas, algumas vitaminas (em especial, a vitamina A) e, principalmente, cálcio.

• Ovos

Na composição do ovo estão contidos os principais nutrientes para o bom funcionamento do corpo: as proteínas, os minerais e as vitaminas.

Qual a quantidade ideal de proteína por dia?

A OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda que mulheres adultas consumam diariamente 48 g de proteína, enquanto homens adultos são aconselhados a ingerir cerca de 56 g. No cenário ideal, essa quantidade deve ser fracionada em quatro refeições.

O excesso de proteína se transforma em gordura, já que o corpo entende que precisa armazenar essa reserva de energia.

Outra forma de esse excedente ser excretado é pelo rim, o que pode causar problemas no órgão no futuro.

 

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

Veja também

Embora o vírus até agora não tenha mostrado nenhuma evidência genética de adquirir a capacidade de se espalhar de pessoa para pessoa, as autoridades de saúde pública estão monitorando de perto a situação da vaca leiteira como parte dos esforços gerais de preparação para a pandemia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER