Apesar do quadro, o preço médio no acumulado de janeiro a junho, está 7,0% menor que em igual período do ano passado.
A alta foi de 5,2% em relação ao mês anterior, ou R$0,12/litro a mais.
A alta foi de 5,2% em relação ao mês anterior, ou R$0,12/litro a mais.

O preço do leite pago ao produtor registrou a sétima alta consecutiva no pagamento de junho, referente ao leite entregue em maio. A alta foi de 5,2% em relação ao mês anterior, ou R$0,12/litro a mais.

Considerando a média nacional ponderada nos dezoito estados pesquisados pela Scot Consultoria, o litro de leite ficou cotado em R$2,524.

Desde o início das altas, em dezembro/23, a receita do produtor acumula valorização de 21,0%.

Redução de oferta e dólar alto ajudam a aumentar preço do leite pago aos produtores – eDairyNews-BR

Apesar do quadro, o preço médio no acumulado de janeiro a junho, está 7,0% menor que em igual período do ano passado.

O movimento de alta continua sendo explicado em decorrência da menor produção no campo. O Índice de Captação da Scot Consultoria apresentou queda de 0,3% em maio, em relação a abril. No acumulado desde o início do ano, a captação diminuiu 8,7%. Os menores investimentos dentro da porteira no final do ano passado, o avanço da entressafra no Sudeste e Centro-Oeste do país e o atraso da safra no Sul limitaram a oferta de leite.

Para o pagamento a ser realizado em julho, referente à produção entregue em junho, a expectativa é de estabilidade. Segundo levantamento da Scot Consultoria, 64,8% dos laticínios pesquisados apontam para estabilidade nos preços, 25,2% falam em alta e 10,0% apontam para baixa.

Alguns fatores podem tirar a firmeza do mercado no curto prazo, como: a oferta de leite, que já dá sinais de recuperação gradativa, com o incremento na captação no Sul do país, devido ao período de safra e a melhor remuneração do produtor nos últimos meses, que pode gerar investimentos na atividade. Outro ponto é que o repasse do campo aos preços dos lácteos tem sido difícil, colaborando para o enfraquecimento da alta. Além disso, a importação continua sendo um fator de incerteza para o mercado.

Figura 1.

Cotação média nacional ponderada do leite ao produtor – em R$/litro, sem o frete, valores nominais.

240705-leite1
Fonte: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

Tabela 1.

Preços médios do leite (padrão) ao produtor nos dois últimos pagamentos – em R$/litro, sem o frete.

svg%3E
Fonte: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

O Relatório do Mercado de Leite da Scot Consultoria é uma excelente fonte de consulta e ferramenta fundamental de suporte às decisões para você que produz, consome ou transforma leite em lácteos.

 

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

Veja também

Os produtores de leite no Brasil enfrentam incertezas com os preços em baixa e as importações. Na análise do secretário-executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios do Rio Grande do Sul, Darlan Palharini, a recuperação da cadeia produtiva vai depender da melhoria nos custos de produção.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER