Confira a resposta do zootecnista Guilherme Marquez, um dos grandes embaixadores de conteúdo do Giro do Boi. Assista ao vídeo.

Holandês com Nelore: cruzamento pode dar resultado para produzir carne e leite? Assista ao vídeo abaixo e confira a resposta na detalhada.

A dúvida veio do telespectador e pecuarista Otávio Andrade de Oliveira, de Alpinópolis (MG). O esclarecimento foi um dos destaques do quadro Giro do Boi Responde desta quinta-feira, 16.

Ele pediu informações sobre o manejo ideal do cruzamento entre gado Holandês com Nelore. Se é necessário suplementar ou pode investir somente em regime de pasto.

Quem respondeu foi o zootecnista Guilherme Marquez, um dos grandes embaixadores de conteúdo do Giro do Boi.

No entanto, Marquez, fez um alerta sobre esse tipo de cruzamento para a produção leiteira.

“Este cruzamento possui uma heterose máxima. Existem pessoas que fazem esse cruzamento, porque aproveita o bezerro. Ele é mais pesado do que um bezerro focado só em leite. No entanto, também não serão animais de muita produção leiteira”, diz Marquez.

Produção de leite de uma vaca meio-sangue Nelore e Holandês

Detalhe da alimentação do gado leiteiro no sistema compost barn. Foto: Divulgação

Detalhe da alimentação do gado leiteiro no sistema compost barn. Foto: Divulgação

O especialista diz que em grande parte dos animais pode-se esperar baixa a uma média produção leiteira.

O volume diário seria de cerca de 12 quilos de leite por dia. Portanto, o recomendado é oferecer apenas o pasto para esse tipo de vaca.

“Para um animal que produz essa quantidade de leite, quanto mais eu der comida, mais cara fica a produção de leite por litro e, aí, o negócio fica inviável”, diz Marquez.

 

Veja também

Conheça As Variedades E Benefícios Para A Saúde E O Bem-Estar dos queijos.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER