Com fabricação ao vivo do alimento, Museu do Queijo em Paris conta com espaço educativo e interativo com foco nas regiões produtoras da França.
Musée du Fromage fica no 4º arrondissement e ocupa 300 m² de um prédio do século 17
Musée du Fromage fica no 4º arrondissement e ocupa 300 m² de um prédio do século 17
Paris acabou de ganhar um pequeno museu dedicado ao queijo com direito a degustações, loja e fabricação ao vivo dos laticínios. O Musée du Fromage foi aberto em junho e ocupa o espaço de um antigo restaurante de 300 m² dentro de um edifício do século 17 no 4° arrondissement, na Île Saint-Louis, logo atrás da Catedral de Notre-Dame.

O museu mergulha na história do queijo, no saber ancestral de sua elaboração e nas paisagens ligadas a ele, em que foca nos mais diferentes exemplares de queijos franceses e nas regiões produtoras do país.

Centro de Referência do Queijo Artesanal abre para o público em 10 de abril – eDairyNews-BR

A visita é dividida em quatro partes principais: a primeira diz respeito à cultura do queijo; a segunda se debruça sobre sua história; em seguida há a fabricação ao vivo por um queijeiro e, por fim, a degustação. Por isso, o local é constantemente chamado também de “museu vivo do queijo”.

Além do espaço museológico, o endereço tem uma área dedicada a cursos, uma adega para oficinas de fabricação de queijos e uma loja que inclui vinhos, cervejas e sucos.

O queijeiro Pierre Brisson é o nome por trás da empreitada. Proveniente de uma família de viticultores do Beaujolais, ele é formado em fabricação de queijos na comuna de Aurillac e comanda há 15 anos a Paroles de Fromagers, empresa que ministra cursos, oficinas e dá formações sobre queijos em um centro educacional em Paris.

EDAIRY MARKET | O Marketplace que Revolucionou o Comércio Lácteo

A entrada no museu sai por 20 € (cerca de R$ 121) para adultos. Adolescentes de 12 a 17 anos e estudantes pagam 17 € (R$ 103) e crianças de 5 a 11 anos pagam 13 € (R$ 78). Ingressos podem ser adquiridos no site.

Musée du Fromage de Paris
39 rue Saint-Louis en l’Île, Paris, França / Funcionamento: terça a domingo, das 9h30 às 18h30.

 

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

Veja também

Os produtores de leite no Brasil enfrentam incertezas com os preços em baixa e as importações. Na análise do secretário-executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios do Rio Grande do Sul, Darlan Palharini, a recuperação da cadeia produtiva vai depender da melhoria nos custos de produção.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER