indústria láctea uruguaia está prosperando e fornecendo produtos de alta qualidade para o mundo.
indústria láctea uruguaia está prosperando e fornecendo produtos de alta qualidade para o mundo.

Além da concentração da produção primária por meio da redução do número de fazendas, as indústrias e cooperativas também trilham o mesmo caminho.

Hoje, os laticínios Conaprole, Estancias Del Lago, Alimentos Fray Bentos, Indulacsa-Lactalis e Granja Pocha dominam o beneficiamento de leite no Uruguai.

O fato de a cadeia produtiva ser concentrada faz com que os custos da logística de coleta e de distribuição sejam também baixos, explicando, em parte, o porquê da elevada competitividade do leite uruguaio. O consumo interno em 2022 rondou a casa de 1 bilhão de equivalente litros de leite, um dos maio res índices per capita do mundo, chegando a 275 l/habitante/ano.

Segundo o International Dairy Farm (IDF), quando comparado ao ano 2020, o consumo de leite fluido por pessoa em 2022 foi de 63,4 kg, com crescimento de 6%; 1,6 kg de manteiga, com crescimento de 6,9%; e 9,2 kg de queijo, com crescimento de 5,3%.

EDAIRY MARKET | O Marketplace que Revolucionou o Comércio Lácteo

A renda per capita elevada e a baixa concentração de renda observadas no Uruguai formam um mercado dinâmico para a cadeia produtiva de leite e derivados, que é altamente sensível ao poder de compra da população. A indústria láctea do Uruguai, além de abastecer o mercado interno, é amplamente voltada para exportações. A Tabela 2 mostra o comércio exterior do Uruguai, do qual o Brasil é um grande cliente.

Os esforços do Uruguai junto ao mercado internacional têm se dado com a oferta de leite em pó integral, que teve crescimento de vendas de 21% em 2023 na comparação com o ano anterior. O Uruguai fornece lácteos para 80 países. A Figura 2 apresenta os principais clientes uruguaios, com destaque para o Brasil, que cresceu sua participação e se tornou o primeiro destino desses produtos, superando a Argélia.

 

indústria láctea uruguaia está prosperando e fornecendo produtos de alta qualidade para o mundo. Com rígidos padrões de qualidade, profissionalismo, estreita e estratégica colaboração entre os principais elos da cadeia produtiva, o setor contribui sensivelmente com a economia do país.

Essa fórmula de sucesso pode ser exemplo para outros países, na direção de maior competitividade e sustentabilidade da cadeia de lácteos. (Anuário do Leite da Embrapa 2024 – Adaptado pelo SINDILAT/RS)

 

Leia também

Indústria de lacticínios: digitalização e inovação – eDairyNews-BR

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

Veja também

Conheça As Variedades E Benefícios Para A Saúde E O Bem-Estar dos queijos.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER