A Leiteria Macurany, é a empresa mais premiada do estado e espera abrir loja própria no município e na capital.
Leiteria , a empresa venceu a medalha de prata na categoria ‘Queijo de Manteiga” com um queijo produzido com leite de búfala.
A empresa venceu a medalha de prata na categoria ‘Queijo de Manteiga” com um queijo produzido com leite de búfala.
A Leiteria Macurany, dos pecuaristas parintinenses Isandrey Azêdo e Michelle Carvalho, recebeu mais um prêmio na ExpoQueijo Brasil 2024 – Araxá International Cheese Awards.

Na edição deste ano, a empresa venceu a medalha de prata na categoria ‘Queijo de Manteiga” com um queijo produzido com leite de búfala. Esse é o segundo prêmio vencido pela leiteria no festival de Araxá (MG) após a medalha de ouro para o queijo de manteiga em 2023.

Secretário diz que governo do Estado assinará convênio com a Ocemg na Expoqueijo, em Araxá – eDairyNews-BR

Para A CRÍTICA, Isandrey Azêdo afirmou que o trabalho com a pecuária leiteira vem desde os tempos do pai. Ao lado de Michelle Carvalho, a empresa já produzia e leite e passou a produzir queijos e derivados no período da pandemia de Covid-19. Em seguida, começaram as participações nos concursos.

“Em Parintins, nós somos tricampeões em queijo coalho e doce de leite. 2021, 2022 e 2023. E na Expoagro, nós somos bicampeões no queijo coalho, 2022 e 2023, melhor queijo coalho do Amazonas, tricampeões em melhor doce de leite do Amazonas.

Na Feira de Agronegócios da Nilton Lins fomos campeões em 2023 no melhor queijo coalho e tricampeões no melhor doce de leite. No Pará, no queijo autoral, nós fomos ouro, é um queijo de manteiga com alecrim e gengibre.

Em Minas Gerais, em Araxá, fomos ouro no queijo de manteiga. No Mundial de Queijos em São Paulo nós fomos medalha de prata na coalhada e medalha de bronze no iogurte natural”, elencou.

Segundo o pecuarista, a Leiteria Macurany funciona com leite próprio de vacas da raça Girolando, todas controladas e examinadas.

O estabelecimento conta com uma parceria com Sebrae que deu oportunidade ao empreendimento para se tornar referência na produção de queijos e derivados lácteos, tornando-se a primeira queijaria com premiação ouro em concurso internacional e o primeiro laticínio amazonense com produtos certificados pelo Selo Arte, com apoio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf).

“Hoje a empresa possui o selo municipal, o selo SIM, e o selo Arte. Isso capacita a gente a vender nossos produtos para todo o Brasil. Temos vendas em Brasília, no Distrito Federal, nosso queijo manteiga e nosso queijo coalho já estão lá.

Splash of milk or cream isolated on white background With clipping path. Full depth of field. Focus stacking. PNG. Generative AI

Comercializados aqui em todos os melhores supermercados de Parintins, em Manaus em um supermercado já, e a expectativa nossa para o futuro é ter a nossa loja própria, tanto aqui em Parintins como em Manaus, e assim levar um produto com qualidade e com preço direto do produtor para todos os nossos clientes”, concluiu.

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I
Você já recebe todas as notícias do setor de laticínios em seu WhatsApp? Não fique à fora!

Veja também

O Sebrae Teixeira de Freitas está desempenhando um papel fundamental no fomento e fortalecimento do setor de Queijarias Artesanais no Extremo Sul da Bahia.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER