As importações de produtos lácteos do Brasil aumentaram novamente em junho, mas não foram suficientes para superar as de junho de 2023.
importações, Até o momento, os principais produtos lácteos importados continuam mais competitivos
Até o momento, os principais produtos lácteos importados continuam mais competitivos.

As importações de lácteos do Brasil voltaram a crescer em junho, mas não foram suficientes para superar o mês de junho de 2023. O país do norte importou 177,9 milhões de litros de leite equivalente, um aumento mensal de 22%, de acordo com dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), publicados pelo Milkpoint.

Importações de lácteos do Brasil permanecem inalteradas – eDairyNews-BR

O volume foi 13% menor do que em junho de 2023.

Por produto, o leite em pó integral e o leite em pó desnatado aumentaram 31% e 56%, respectivamente. Outros produtos de menor importância nas importações diminuíram em junho, como iogurtes, leites modificados e o grupo de outros produtos lácteos.

O que se espera para o futuro?

Até o momento, os principais produtos lácteos importados continuam mais competitivos em termos de preço do que os produtos locais, o que leva à expectativa de que as importações permanecerão em níveis elevados no curto prazo, disse o Milkpoint.

EDAIRY MARKET | O Marketplace que Revolucionou o Comércio Lácteo

“É relevante notar que, apesar da queda na produção de leite na Argentina e no Uruguai nos últimos meses, ambos os países estão agora entrando em seu período de aumento da produção de leite, o que implica um aumento progressivo em suas respectivas vendas”.

“Com relação aos preços, é importante destacar que o Brasil ainda compra a preços mais altos do que os praticados no GDT para esses produtos importados. Portanto, uma estratégia que nossos exportadores podem adotar é considerar a redução dos preços como uma medida para manter a competitividade e continuar abastecendo o mercado brasileiro”, apontou a análise do Milkpoint.

 

 

https://whatsapp.com/channel/0029VaPv8js11ulUrj2kIX3I

Veja também

Os produtores de leite no Brasil enfrentam incertezas com os preços em baixa e as importações. Na análise do secretário-executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios do Rio Grande do Sul, Darlan Palharini, a recuperação da cadeia produtiva vai depender da melhoria nos custos de produção.

Você pode estar interessado em

Notas
Relacionadas

Mais Lidos

1.

2.

3.

4.

5.

Destaques

Súmate a

Siga-nos

ASSINE NOSSO NEWSLETTER